Por todos os teus pecados



Minha cabeça bateu com força no degrau de madeira apodrecida me fazendo perder os sentidos por alguns segundos, então senti mãos ásperas rasgando minhas roupas com violência.


O cheiro de suor e sangue velho se misturava ao cheiro de álcool que saia de sua boca e, enquanto um dos soldados ficou de guarda impedindo que alguém pudesse vir em meu socorro, ele me estuprou brutalmente.


Mas não havia desejo naquele ato, havia apenas ódio.


Ódio e vingança.


Então, naquele momento, meu corpo foi dilacerado para vingar todos os crimes que a Wehrmacht, a Schutzstaffel e a Luftwaffe haviam praticado contra o povo russo.


Ali, em meio às lágrimas silenciosas, com a dor do meu flagelo eu paguei pelos pecados de todos eles. Paguei por Goebbels e Göring, por Höss e Speer, por Bormann, Ribbentrop e Himmler e, claro, paguei por Hitler.


Naquele ato, meu espírito também foi mutilado para pagar por Dachau, Treblinka e Birkenau, pelo Gueto de Varsóvia e pelo inferno de Auschwitz.


E, sob a ânsia de vingança daquele soldado russo, eu paguei pelos pecados de todos nós.


Paguei pelo silêncio covarde que mantivemos quando vimos nossos vizinhos e amigos serem levados sem que nada fizéssemos, por termos aceitado aquela guerra estúpida e por não ter me indignado quando vi crianças e doentes serem mortos em nome da superioridade da raça ariana.


Com minha dignidade dilacerada, paguei pelos corpos esquecidos sob o solo da Ucrânia e por cada pai, mãe e filho sufocado pelo Zyklon B, pelos anéis retirados dos dedos dos judeus para ser derretido e financiar a loucura daqueles homens e paguei por cada vida que foi sacrificada na construção do Reich de mil anos.


E então, depois de pagar pelos pecados de todos eles e de todos nós, me levantei daquele chão sujo e segui em frente, pois, ainda que as armas já tivessem silenciado e Berlim se rendido, a nossa guerra, a guerra das mulheres alemãs, ainda não havia acabado e caberia a nós pagar pelos pecados de nossos homens.





0 visualização

© 2019 porandubarana. Orgulhosamente criado com Wix.com